Entrevista

Rallye Aïcha des Gazelles 2015 : um só camião na linha da partida !

ECI - no 10/03/2015 17:21:36 - Por
Entrevista
Mercedes

Du 20 de Março ao 4 de abril 2015, é a 25° edição do Rallye Aïcha des Gazelles em Marrocos.Esta prova 100% feminino ira ter uma equipa muito especial porque esta equipa vai participar em camião ! Zoom sobre a team RIVIERE - FLEITOUR com nossa intervista da Sandra RIVIERE de Saumur, e piloto do camião Mercedes UNIMOG 435.

Du 20 de Março ao 4 de abril 2015, é a 25° edição do Rallye Aïcha des Gazelles em Marrocos. Esta prova 100% feminino irá ter uma equipa muito especial, esta equipa vai participar em camião ! Zoom sobre a team RIVIERE - FLEITOUR com nossa entrevista da Sandra RIVIERE de Saumur, e piloto do camião Mercedes UNIMOG 435.

Europa-Camiões : Bom dia Sandra, podem apresentar-se por favor ?

Sandra Rivière : Bom dia, eu sou Sandra, mãe de 3 crianças e sou o piloto do camião Mercedes Unimog 435. Descobri a competição automóvel durante minha primeira participação ao Rallye des Gazelles em 2011. Com o apoio do meu marido, lancei-me na aventura ao volante de um Nissan Patrol sem pensar ao que pedia passar-se. Gostei tanta esta primeira experiência que decidi de fazer para ano a seguir com o camião. Durante esta segunda participação que minha paixão para os pesados accionou-se. Estar na cabina e com as mãos no volante que sensação, aqui estava o meu destino ! Passei a carta de condução dos pesados em dezembro 2012. Em junho 2014, aproveitei de uma oportunidade incrível : o patrão da Team ACTIONLEV, Bruno DECLERCQ que propôs-me de conduzir seu protótipo sobre a manga francesa da Europea Truck Trial em Montalieu Vercieu. Mais uma vez uma recordação inesquecível com muitas informações e tecnicas de passagem.

Europa-Camiões : Podem apresentar o Rallye Aïcha des Gazelles ?

Sandra Rivière : Este Rallye é esclusivamente feminino. O conceito é muito diferente aos outros rallyes : a velocidade não está contabilizada e a navigação é "a antiga moda" Tentamos encontrar o caminho com mapas de mais de 30 anos, parece uma corrida gigante orientação, temos que encontrar os bons caminhos e fazer menos km possível, ter poucas penalidades, distência ideale definida pelo organizador e encontrar as balises.

Em outros, nesta competição encontramos solidariedade, ajuda e ultrepassamos nossas capacidades. Queremos ajudar as populações locais. Cada equipa traz ofertas que serão distribuidas nas aldeias durante a corrida. A associação « Cœur de Gazelles » ponhe a disposição uma caravana medical, para dar alguns cuidados, operações e mesmos meter ao mundo crianças.

Europa-Camiões : falem da sua parceira Bénédicte Fleitour…

Sandra Rivière : Bénédicte é engenheira comercial de 45 anos, mãe de 4 crianças que mora em Rennes. Será a primeira participação ao Rallye des Gazelles. Seu objectivo será ultrepassar-se, este rallye represente muito para Bénédicte que deseja dar muitos as mulheres que lutam contra a doença. Um grande projecto que será realizado em breve após muita preparação.

Europa-Camiões : Qual é sua motivação ?

Sandra Rivière : Como 34 anos, será a terceira participação ao Rallye Aïcha des Gazelles mas deste vez de camião. Vai ser uma grande experiencia com muitas dificuldades, nas dunas será um desefio fisico e psicológico.

Europa-Camiões : Sua equipa será a única em camião, podem apresentar suas características tecnicas ?

Sandra Rivière : Nosso camião é um Mercedes UNIMOG 435. Este veículo está perfeitamente adaptado ao deserto, en preparação com Bruno DECLERCQ em Calais. É um antigo veículo militar robusto e ágil. Com motor de 150cv, pouco mas com muitas capacidades de deslocação com as 5 toneladas. Com 8 velocidades e suspenções mecânicas helicoidais, o Unimog é optimo para as zonas de passagem.

Europa-Camiões :  Quais são seus objectivos através esta experiência ?

Sandra Rivière : Para Bénédicte este Rallye vai ser vivido plenamente com todas valores que ele vai transportar ! Meu objectivo será de chegar nos 30 primeiros da classificação. Nos estamos na corrida "4 X 4" a concorrência esterá penosa ! Temos que ser completamente autonómas durante a corrida, vamos gerir sozinhas as avarias e os furos. No bivouac, a assistência é comuna com as outras equipas. Por isso temos de conhecer perfeitamente nosso veículo e seu material para garantir as reparações en caso de necessidade.

Europa-Camiões :  A corrida comença daqui a menos de um mês. Qual é seu sentido ?

Sandra Rivière : peramos este dia com impaciência. Hoje, o essencial está feito mesmo se a sempre imprevistos que podem alterar a planificação. O camião está quase acabado : vamos efectuar ensaios de qualificação. Estamos a acabar os preparativos, o orçamento, patrocinadores e outros sócios. Há sempre uma parte de stress para a aventura mas

Europa-Camiões :Desejamos boa sorte e boa aventura para este Rallye Aïcha des Gazelles !

Notícias semelhantes

Comentários