Regulamentos

Novas medidas anti-poluição para veículos pesados

ECI - no 09/08/2016 10:26:21 - Por
Regulamentos

No 20 julho 2016, a Comissão Europeia publicou sua estratégia para uma mobilidade com fraco taxa de emissões. Esta estratégia adoptada pelo o Conselho europeu e o Parlamento europeu consagra um capítulo importante aos camiões, autocarros e camionetas. A Europa estima que as emissões poluentes dos veículos pesados representem hoje 1/4 das emissões de dióxidos de carbono dos transportes rodoviários e desta parte deveria ainda aumentar.

Novas medidas anti-poluição para veículos pesados

Atualmente, a Comissão elabora dois tipos de propostas legislativas. Num primeiro tempo, uma proposta sobre a certificação das emissões do consumo de carburante e do consumo de carburante dos veículos pesados. Seguindamente, um acompahanmento destes dados certificados. Contudo, para a Comissão europeia, mesmo se estas medidas trariam uma mais grande transparência elas não reduziriam diretamente as emissões  em CO2.

Os principais elementos estratégicos previstos pela Comissão Europeia

Para efetuar à bem seus projetos, a Europa faz surgir vários axos estratégicos. Com efeito, um dos projetos é de privilegiar as novas tecnologias capazes de pôr em sítio transportes menos poluentes. Deseja acelerar o desevolvimento das energias "limpas" (biocarburante, carburante síntese, elétricidade renovável). O último axo de estratégia a pôr em evidência pela Comissão europeia : fazer evoluir os veículos a emissão nula. 

Daqui fim 2019, a Comissão deseja lançar uma construção pública no objetivo de preparar uma proposta legislativa. Esta última desejaria que a taxa de emissões aproxima-se do zero bem antes de 2030. A Europa deseja doravante integrar as nomas à imagem dso Estados-Unidos, da China, Japão e Canadá.

Medidas para as carrinhas comerciais e veículos ligeiros

Para as carrinhas comercias, a Comissão confirmou novos objetivos contra a poluição serão fixados após 2021. Para os ligeiros, o Parlamento europeu já proposou um obejetivo de 68g de CO2 por km para 2025. Este objetivo vai dar um sobrecusto de 4 000 euros por veículo segundo os construtores.

Notícias semelhantes

Comentários

C
, Dia 06/09/2016 22:14:36
Boa noite, Vamos salvar o planeta Não ao gasóleo.

Vous aussi partager vos réactions avec la communauté